Mudanças climáticas globais, alimentos transgênicos, extinção de espécies, biodiversidade em risco, bioinvasão… palavras até então pouco conhecidas estão cada vez mais presentes no cotidiano de todos nós. Estes problemas ambientais vêm se agravando na medida em que o desenvolvimento econômico não considera o valor e serviços prestados pelo ambiente.

Acreditamos que trazer o conhecimento científico para perto das pessoas significa uma estratégia fundamental para incorporarmos ao modelo de desenvolvimento econômico, a sustentabilidade ecológica, econômica e social.

 O Pegada Ambiental se propõe através de suas atividades decifrar a linguagem científica e conceitos ambientais tornando-os mais próximos da sociedade e, com essa iniciativa, levar uma mudança na direção da sustentabilidade construindo novos valores e atitudes para conservação ambiental.

Tendo como base os quatro pilares da educação proposto pela UNESCO: aprender a conhecer, aprender a fazer, aprender a ser e aprender a viver juntos, o Programa Pegada Ambiental vai permitir que o conhecimento adquirido traga uma nova visão para aprender a solucionar problemas ambientais enfrentados no dia-a-dia.

Para atingir tais objetivos, desenvolvemos projetos específicos para cada público, oferecendo vivências personalizadas, cursos, workshops e palestras que podem ser complementadas com saídas de campo, visitas à laboratórios e produção de conteúdo científico.

Você sabia?

O nome “Pegada Ambiental” identifica uma metodologia utilizada por pesquisadores na avaliação das alterações ambientais globais induzidas pelo homem. A pegada ambiental representa a quantidade de superfície da Terra necessária para fornecer recursos naturais e suficiente para absorver resíduos eliminados para sustentar um indivíduo, uma cidade, um país. Em outras palavras, é o quanto utilizamos do planeta para consumo e descarte.

Equipe:

Deixe uma resposta