O controle e a erradicação desses corais exóticos invasores realizados através da extração manual são feitos por uma equipe de catadores, mergulhadores, técnicos e voluntários que são devidamente capacitadas pelo Projeto Coral-Sol e seguem a legislação ambiental brasileira.

Até o momento foram eliminados do ambiente pelo Projeto Coral-Sol mais de 225.000 corais-sol (cerca de 8,3 T) através de 120 ações de remoção, erradicação de 18 focos de coral-sol, na Baía de Todos-os-Santos, BA, na Armação dos Búzios, no Arquipélago das Cagarras, RJ, no Canal de São Sebastião, SP, na Ilha do Arvoredo, SC, entre outros, pela equipe, colaboradores e parceiros do Projeto.

Os dados quantitativos e qualitativos de controle e monitoramento estão inseridos no Banco Nacional de Registros e Manejo do Coral-Sol que está disponível para consultas (link facebook Projeto Coral-Sol) e vem sendo utilizado por instituições governamentais.